sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

E estou novamente de parto!!!!

ehehehehe

Hoje, o meu rebento mais novo, a princesa da casa, a cerejinha como o pai lhe gosta de chamar, ou a pipoquinha como eu lhe chamo, faz 2 anos!!!!

Fala pelos cotovelos. Frases completas que é para ninguém ter dúvidas.
Já faz chichi e cócó no bacio quando pede, mas ainda anda de fraldas.
Manda nos irmãos e adora baixar as calças ao do meio e dar-lhe umas valentes nalgadas!!!!
É terrorista que chegue.
Só faz o que quer e quando quer.
Tem um beijo repenicado, mas é poupada nas beijocas.
Adora pôr os bébés a dormir ou a passear de carrinho (benditas prendas de Natal!) ou a fazerem ó-ó. É um grande entretem... está que tempos naquilo.
Adora comer e está sempre pronta para novos sabores. Às vezes até estremece, mas abre a boca logo a seguir e diz: Mais!!
Adora: caracóis, arroz de polvo, pipocas, mas a sopa é que é o caraças!!!!
Imita o irmão do meio em tudo. Chega a parecer um papagaio.
E acorda, todos os dias, de sorriso na cara! Sempre!

É, tal como os irmãos, o sol da minha vida, mas com mais vaidade e brilho.... não dispensa um baton, uma carteira e tem fascinio por meias e sapatos (ai pai prepara-te!!!! )

Beijinhos, Sweet

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Meia perdida

Acho que já deu para reparar que ando meia perdida na fila....
O tempo passa e eu navego. Deixei de correr atrás. Larguei as rédeas do meu próprio destino e deixei-me ir.
Sonolenta, ao ritmo balbuciante do vento, deixei-me ir. Nem perguntei para onde me levavam. Simplesmente fui. Ou deixei-me ir. Porque nem caminhar caminhei...

E agora que percebo isso, é hora de regressar. Voltar ao meu início e fazer novo caminho. Os ventos não sopram nessa direção, nem as mãos que me carregam, ou empurram.
Terei que me levantar, terei de me erguer, terei, até mesmo, de gritar, esprenear, mas terei de ser!
Chega! Basta!

Mete-te ao caminho Sweet. É agora!

Beijinhos, Sweet

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Não consigo recuperar e a culpa é do Pai Natal!!!!!!

Não consigo recuperar o peso que ganhei no Natal;
Não consigo recuperar o ritmo e a boa alimentação que tinha antes do Natal;
Não consigo recuperar a vontade de me mexer;
Não consigo recuperar a boa disposição que tinha antes do tempo começar a ser a belissima m&#$&#$& que tem sido (comecou a chover uma semana antes do Natal e ainda não parou!)
Não consigo me recuperar!

Beijinhos,
"Unrecovered Sweet"

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

O texto que eu gostaria de ter escrito

"O meu perfil de Presidente da República é alguém que não tenha sido primeiro-ministro durante dez anos e que não tenha esbanjado rios de dinheiro e de oportunidades. Que não ande na política há mais de trinta anos e continue a fingir que paira sobre ela. Que saiba que se pode enganar e que por isso tenha dúvidas. E que não tenha ligações políticas a responsáveis pelo maior calote da história recente portuguesa. Ficaria, depois de defender este perfil genérico, muito surpreendido se alguém achasse que estou a pensar numa pessoa em particular.
O meu perfil de Presidente da República é alguém que não tenha envolvido Portugal numa guerra injustificável que se baseou numa mentira. Que não tenha abandonado as suas obrigações de primeiro-ministro e que não as tenha entregue ao colega de partido a quem devia o favor político de ter chegado ao PSD. Que não o tenha feito porque lhe ofereceram melhor emprego lá fora. Que não tenha usado como argumento para o fazer a enorme ajuda que poderia dar a Portugal e que não se tenha esquecido do País no dia seguinte. Que não tenha sido um capacho perante os poderes da Europa e que não tenha contribuído com isso para a destruição do futuro da União Europeia. Que não tenha pressionado, na presidência duma instituição internacional, órgãos de soberania nacionais. Que não tenha sido cúmplice e até ator central da imposição duma agenda política ideológica que nunca foi a votos nos países onde foi aplicada. Ficaria, depois de defender este perfil genérico, muito surpreendido se alguém achasse que estou a pensar numa pessoa em particular.
Duvido que Passos Coelho, por amor próprio, tenha grande coisa contra os "cataventos" que agora não quer na Presidência. Se há coisa de que dificilmente se pode gabar é de coerência. Ou que, tendo em conta o papel conveniente que Cavaco Silva tem tido, faça grande questão em ter um "árbitro ou moderador" em Belém. Mas compreendo que procure um presidente discreto, que não faça ondas. Pouco "popular" e incapaz de ser "catalisador" de seja o que for. Habituado a obedecer e fazer cálculos de conveniência. O homem de Passos para Belém está em Bruxelas e provavelmente é o pior candidato a presidente que a direita poderia encontrar.
Marcelo Rebelo de Sousa, o candidato honorário a Presidente, enfiou a carapuça das várias deselegâncias da moção passista e saiu duma corrida onde não sei se alguma vez realmente esteve. Mas disse uma coisa acertada: Passos Coelho "acha que já ganhou ou pode ganhar as eleições e pode definir o perfil do candidato que quer apoiar". É verdade que, em apenas um mês, PSD e CDS convenceram-se que se deu uma volta de 180º e a maioria parlamentar vai de vento em popa. E, nesta convicção, tem contado com a companhia de muitos cataventos do comentário.
Só que a realidade é um pouco diferente. Apesar das doses cavalares de propaganda mediática para demonstrar que entramos num novo ciclo económico e político, Passos está a cair nas sondagens (veja-se a deste fim de semana, no Expresso). O PSD vale hoje 25% e a direita toda junta não passa dos 33%, mais de 4% abaixo das intenções de voto no maior partido da oposição sozinho. O PSD está no osso e canta de galo.
Uma coisa são as manchetes, os telejornais e a excitação do exército de comentadores da área do PSD que ocupa o espaço mediático. Outra, bem diferente, é a folha de pagamento dos portugueses ao fim do mês. Uma coisa é o discurso que a comunicação social e o poder constroem sobre a realidade, outra são as condições materiais da vida das pessoas. E, na hora da verdade, é a segunda que conta. O desempregado que desespera e que perdeu o subsidio, o pai que viu partir o seu filho emigrado, o funcionário público a quem cortaram o salário, um reformado a perder rendimento todos os anos, o utente do hospital que vê a decadência do SNS, o professor e o estudante que vivem o sufoco em que escolas e universidades públicas vivem, o pequeno empresário que faliu ou está enterrado em dividas e os familiares e amigos de todas estas pessoas não se comovem muito com estatísticas mais ou menos marteladas ou com supostas melhorias económicas que não têm grande efeito nas suas vidas. Comovem-se com a sua vida e é ela que determinará, acima de tudo, o seu voto.
Está estudado: os efeitos do discurso nos media, em comparação com os efeitos da experiência direta, tendem a ser sobrevalorizados pelos próprios media. E é normal que também sejam sobrevalorizados pelo PSD. Um partido que acha que o debate das presidenciais, nesta altura, pode mobilizar mais do que os putativos candidatos e os jornalistas não está em condições de compreender a diferença entre o país mediático e o que vive longe dos holofotes.
Para não se pensar que sou excessivamente crítico, quero dar os parabéns ao governo por ter conseguido descidas nas taxas de juro da dívida, não só em Portugal, mas também na Grécia, em Espanha, na Irlanda e em Itália. É motivo de orgulho saber que a política de Passos Coelho não tem apenas efeitos no País, mas em quase toda a Europa."

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Tentar

Hoje vou tentar voltar a mexer o rabo (e não só).
Logo, depois da criançada estar a dormir, vou fazer uma caminhada no gym lá de casa.

Espero mesmo ter força de vontade para o fazer!!!!!

Beijinhos, Sweet

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Estar de parto

Hoje estou de parto, que é como quem diz, uma das minhas crias faz anos. 4 anos!!!!

E esta noite adormeceu com o pai a contar-lhe que há 4 anos atrás ele ainda estava na barriga da mãe para passar aquela que foi a noite mais longa das nossas vidas.

Passei toda a noite de dia 13 para dia 14 às voltas, ora para o sofá, ora para a cama. Algo havia em mim que não sossegava. E não posso dizer que eram dores, ou que eram contrações. Não sei o que era. Mas era.

De manhã fui à casa de banho e tinha uma espécie de sangue nas cuecas. Liguei logo para a minha médica. Abençoada e amiga Drª Teresa Bombas. Sempre pronta ajudar. Ir para a maternidade foi o veredicto. Tomei banho. Liguei aos meus pais

Fomos levar o filho à escola, já com tudo no carro. E os meus pais foram ter comigo à porta da escola primária. O meu pai ficou responsável pelo mais velho e a minha mãe veio connosco.

Chegados à maternidade, foi fazer CTG, e o primeiro toque. Raiz parta que aquilo dói e muito!
O melhor é ir bater uma perna e volta por volta das 14h30 - 15h. Com 41 semanas, e já sem rolhão, é para hoje!
Ok, se a médica diz.....

E lá fomos nós, mãe, filha - futura mãe e marido passear para o centro comercial.

15h30m, do dia 14 de janeiro entrei para a sala de partos.
03h30m, do dia 15 de janeiro saí da sala de partos para entrar na sala de cirurgia.
Entre as 03h30 e as 04h00 levei com um ferro na cara que me abriu o lábio, a enfermeira ao tentar apanhar o ferro arrancou-me a agulha do soro, voltei a ser espetada, a agulha não entrava nem por nada, teve de ser na mão, fiquei toda negra e claro comecei a hiperventilar, com muito, muito, muito frio. A anestesista entrou em ação e comecei a sentir um calorzinho por todo o corpo e a sentir-me leve, leve, "eta" maravilha.... só faltou ver elefantes cor de rosa.
E eis que às 04h15m, nascia o meu filhote.


Muito mais javia a contar.... mas nada disso é importante.
O importante mesmo é ele. E nós. E sermos uma família.

Muito obrigado meu Deus! Por tudo! Muito obrigado!


Sweet

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Janeiro .... ou e eu gosto mesmo é de sonhar!!!!!!!

Nunca gostei do mês de Janeiro.
É o mês depois das festas.
É o mês da penuria, graças aos excessos do Natal e da passagem d'ano.
É o mês da desintoxicação alimentar.
É o mês da chuva e do frio.

Mas a idade e a vida tudo trazem....

E a mim trouxeram-me 2 filhos a fazerem anos em janeiro! E isso muda tudo!!!!
Agora os excessos do Natal são mais regrados, a passagem d'ano é em casa, e as festas continuam!!!! O meu menino d'oiro, reguila como só ele, faz amanhã aninhos, e está num sino. Cheio de planos. Hoje à noite vamos fazer os saquinhos para ele amanhã levar para a escola, vai ser uma noite em claro, já estou mesmo a ver. E lá mais para o final do mês é a vez da princesa, essa ainda sem saquinho porque os amiguinhos são todos ainda muito pequeninos e nem todos já comem pupas, que é como quem diz, chupas!!!!

E depois há esta coisa magnífica que é uma agenda nova para rabiscar, e um calendário novinho, o meu acabadinho de chegar, onde marco as primeiras férias, aquelas que são obrigatórias porque o serviço fecha. E depois é sonhar onde vou marcar as restantes e melhor, onde as vou passar!!!

É, janeiro tem outro encanto!!!!!

E eu gosto mesmo é de sonhar!!!!


Beijinhos, Sweet

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Não ler este post

estou irritada.
Chateada.
Maçada.
Mas também estou sonhadora.
com saudades.
Mas continuo chateada.
Irritada.

Fiz-me entender?!

Não???? Ninguém diria, se nem eu me entendo, como é que vocês não me entendem?!?!?!?

Como diria alguém... bebe uns copos que isso logo passa!

Beijinhos, Sweet

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

HELP!!!!!!!!

Preciso de ajuda!

O meu papai noel foi simpático e embora não mãos largas trouxe-me um relógio ONE.
Não é exactamente o que desejava, mas fiquei radiante.

Passado meia dúzias de utilizações está horrível, a m$%&#%$da do pijama polar vermelho desbotou e manchou a bracelete, ou melhor o aro à volta do relógio. E agora?????

Com água não saí nadinha.
Tento com lixívia?
Com alcoól????

Estou à deriva e à beira dum chelique.... Ando há anos a suspirar por um relógio, quando finalmente tenho um acontece isto!

Porra, que é para não dizer que grande merda!

Sweet

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

1ª medida

Arrumar todas as decorações de Natal, HOJE!!!!!!!!

Depois da criançada estar na cama, e a dormir!!!!! eu e maridão, sem demoras e sem piedade, vamo-nos atirar à árdua tarefa de arrumar tudo o que é de Natal....
Não gosto de o fazer e pronto, mas cada ano que passa, logo a seguir à passagem de ano, anseio mais por este dia. Da mesma maneira que antes de Dezembro já desejo colocar a casa toda cheia de luzes e cor. Pelo menos tem sido assim.

Estas férias dediquei-me à casa. Pintei, arrumei, dessarrumei e voltei a arrumar, montei, desmontei e voltei a montar, armários, camas, estantes, entre outros....
Mudei o escritório, mudei o quarto e mais outro quarto. E ainda falta tanto....

Mas o que já não combina com estas alterações todas de ano novo, são as decorações velhas. Por isso, deixei passar os Reis (a pedido do filho do meio), mas não vai chegar ao fim de semana, altura inteligente para fazer estas arrumações. A minha neurose não se compadece com atitudes inteligentes e por isso... aqui vai disto!!!


Beijocas,

Sweet

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

E cá vamos nós em novas viagens

e por isso nada melhor do que mudar (nem que seja muito ao de leve) a cara do blog para este novo ano.
E quem sabe, amanhã algumas decisões para o novo ano... para não destoar!!!!

Beijinhos,
Sweet

Ora cá estou eu com mais .....

2 kg no bucho!!!!!!
Mais precisamente com 2,7kg!!!!

Uma pequena maravilha.... 2 semanas de férias, muita comida, muita bebida!!!

Agora a sério, foi excelente!!!! Muito amor, carinho, família toda junta. Foi magnífico.

Mas agora toca a trabalhar!!!!!

Muito há a fazer!!!!

Beijinhos,
Sweet